Comemoração da independência brasileira em Belgrado

282

A última sexta-feira, dia 7 de setembro, foi um dia especial para o povo brasileiro: foi a comemoração dos 190 anos de independência do Brasil. Claro, a embaixada do Brasil na Sérvia não deixou que os brasileiros de Belgrado passassem este dia em branco, por isso organizaram a tradicional festa da independência na residência do embaixador com direito a coxinha, caipirinha, bossa nova e a presença da brasileirada toda!

Todos receberam um convite especial e, ao chegar, foram recebidos pessoalmente pelo embaixador, o Sr. Alexandre Addor Neto, e a equipe da embaixada. Muito simpático, ele me perguntou sobre minha conexão com a Sérvia e disse que, assim como eu, também se apaixonou por Belgrado, mas que é uma pena que só tenha descoberto esta cidade fantástica depois dos 60 anos de idade!

Rapidamente me localizei, peguei uma caipirinha e tirei a noite para viajar de volta à minha terra natal sem sair de Belgrado. Ouvia-se de todos os sotaques, do norte ao sul do Brasil. Sem contar os diplomatas de vários países, todos que estavam lá ou eram brasileiros ou eram sérvios que têm alguma conexão com o Brasil e muitos sabiam português.

De repente, alguns seguranças vieram abrindo caminho pela multidão e logo se viu que o senhor de cabelos brancos vindo atrás deles era Tomislav Nikolić, atual presidente da Sérvia. Ele subiu no palco e se posicionou atrás do embaixador Alexandre Addor Neto quando este chamou o hino nacional brasileiro. Foi uma emoção ouvi-lo e cantarolar sobre a pátria amada… Em seguida, o embaixador fez um discurso bem humorado sobre a importância do estreitamento dos laços entre a Sérvia e o Brasil. Chegou a mencionar como o faz feliz ver os casais servo-brasileiros, os sérvios que tocam música brasileira simplesmente porque a amam, que aprendem capoeira, samba e português, bem como os brasileiros que amam a Sérvia e sua cultura (destacou a Go East Orkestar, banda brasileira que ganhou segundo lugar na competição internacional de Guča este ano). Todos estávamos na expectativa de que o presidente Nikolić se pronunciaria, mas permaneceu quieto até o final. No entanto, há de se reconhecer que a simples presença dele já é muito significativa – mostra que está interessado no Brasil.

Após o discurso, ao término do “horário diplomático” (até as 21h), começou a verdadeira festa! As bandas sérvias que tocam bossa nova, “Luz Azul” e “O Bato”, tocaram juntas e garantiram música boa a noite inteira com eventuais participações vocais de Sandra Nepomuceno Malta (da equipe da embaixada) e do próprio embaixador, que soltou a voz próximo ao final da festa. Gravei o vídeo abaixo para vocês verem como estava o clima:

Se vocês repararem em quem passa atrás de mim no fim do vídeo, verão que o presidente Tomislav Nikolić não foi a única figura ilustre da festa… encontramos por lá também o jogador de futebol Dejan “Rambo” Petković – o Pet! Eu e mais um brasileiro trocamos uma ideia com ele que acabou em filosofia com profundas palavras… comparando o Rio de Janeiro com Nova Iorque, ele disse: “o Rio de Janeiro é uma merda, mas todo mundo ama; Nova Iorque todo mundo ama, mas é uma merda.” O cara é uma figura, demos boas risadas!

 

Mas ilustres mesmo foram os brasileiros que estavam lá! Tive a oportunidade de conhecer pessoas das quais só tinha ouvido falar ou só conhecia pela internet. Todos muito gente boa, foi prazer enorme! Dentre eles, por exemplo, o mestre de capoeira Pulmão e Milan Gocmanac, dois grandes promotores da cultura brasileira em Belgrado, que estão afrente do Centro de Cultura Brasileira (Centar Brazilske Kulture, em sérvio). Ah, não podia deixar de mencionar outro destaque da festa: sorvete de graça!

 

 

Não teve brigadeiro nem docinho de coco, mas mesmo assim a equipe da embaixada se superou e conseguiu trazer o Brasil à Sérvia por uma noite, numa festa considerada a melhor comemoração do Dia da Independência já feita! Parabéns!

Para visualizar todas as fotos do evento, visite o perfil Brasil em Belgrado no Facebook clicando aqui e a página do blog Bem-vindo à Sérvia clicando aqui.

Artigo originalmente publicado no blog Bem-vindo à Sérvia em 13/09/2012. 


NO COMMENTS

LEAVE A REPLY