Templo de São Sava – imponência e religiosidade em Belgrado

843

Belgrado – uma cidade com tanta história  não poderia deixar de ter alto valor religioso. É como disse o sérvio no livro “How to Understand Serbs” de Nicholas Comrie ao perguntarem o quão significante é a religião para seu povo. Sua resposta foi: “Religião é significante para todos os povos que sofrem. E os sérvios sofreram muito”. País de maioria ortodoxa, assim como a Romênia, a Rússia, a Grécia e outros, é na Sérvia que se localiza um dos maiores marcos da arquitetura ortodoxa mundial: o templo de São Sava (Hram Svetog Save).

Construído em homenagem a São Sava (Sveti Sava), fundador da Igreja Ortodoxa Sérvia e importante figura da Sérvia medieval, o Templo fica no bairro de Vračar, onde seus restos mortais foram queimados pelo comandante do império otomano, Sinan Pasha. O processo de construção do templo começou em 1905, quando foi lançado um concurso público para a escolha de seu design. A construção só se iniciou efetivamente 30 anos mais tarde, em 1935 – 340 anos depois da queima dos restos mortais de São Sava – e continua até hoje. Essa demora se deu devido às inúmeras interrupções por causa das guerras na região. Hoje, o exterior do Templo já está pronto e missas são lá realizadas, mas ainda há muito trabalho a ser feito em seu interior. Seus 70 metros de altura, uma área de 3.650 metros quadrados e volume de 170 mil metros cúbicos fazem dele a maior igreja ortodoxa do mundo em espaço interno, com espaço para 10 mil pessoas.

Com todo esse tamanho, é possível avistar o templo de São Sava de muitos pontos de Belgrado. Sua localização é privilegiada – bem no Karađorđev Park, onde passa o movimentado Bulevar Oslobođenja e próximo da Praça Slavija (Trg Slavija) – é de fácil acesso aos turistas e é ponto de passagem de muitos sérvios em suas rotinas diárias. Nos fins de semana de sol, é comum ver o parque cheio de famílias e crianças pequenas correndo por toda a volta. Considerando que lá também fica a Biblioteca Nacional, é uma ótima opção pegar um livro, sentar no parque, ler e observar o movimento!

Por ser um grande símbolo da religião cristã ortodoxa, todo o ano, no dia 7 de janeiro (data do natal ortodoxo), vários sérvios se reúnem próximo ao templo e fazem uma grande fogueira na qual cada um queima um ramo de árvore. Diz a lenda que quanto mais fogo seu ramo pegar, mais dinheiro você terá durante o ano!

Clique aqui e assista ao vídeo que gravei da fogueira ao lado do templo com os sinos tocando no Natal.

Isso tudo faz do Templo de São de Sava uma parada obrigatória a todos que passam por Belgrado!

Artigo originalmente publicado no blog Bem-vindo à Sérvia no dia 09/07/2011.


NO COMMENTS

LEAVE A REPLY